Mestrandos do PPGEM/UNIR Realizam Atividades de Tendências da Educação Matemática na EFA

Publicado em: 02/08/2022 18:08:18

PPGEM/UNIR visita EFA


No dia 21 de julho de 2022, os mestrandos e as mestrandas das Turmas 2021 e 2022 do PPGEM/UNIR desenvolveram diversas atividades diferenciadas de ensino da Matemática na Escola Família Agrícola (EFA) Itapirema, em Ji-Paraná.

 

   

As atividades foram desenvolvidas para a 1ª, 2ª e 4ª séries do curso de Ensino Médio integrado ao profissionalizante de Técnico em Agropecuária, nos períodos da manhã e tarde, tendo como docente de Matemática responsável por essas séries o Prof. Paulo Gonçalves Pinto.

  

As atividades integraram parte das ações propostas pela disciplina de Tendências da Educação Matemática, do curso de Mestrado em Educação Matemática do PPGEM/UNIR, ministrada pelo docente desse Programa, Prof. Dr. Emerson da Silva Ribeiro.

 

Foram desenvolvidas seis atividades de caráter didático-metodológico de ensino da Matemática evidenciadas a partir das tendências da Educação Matemática: Resolução de Problemas, Modelagem Matemática, Leitura e Escrita, História da Educação Matemática, Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e Jogos. 

   

 

Por meio de tais atividades, destacando-se a aplicabilidade das tendências da Educação Matemática como práticas didático-metodológicas, os/as estudantes da EFA tiveram a oportunidade de revisar e estudar conteúdos e conceitos matemáticos, a exemplo de: números irracionais e número pi, equação do 1º grau, função afim e geometria analítica. Essas atividades possibilitaram ainda a esses/as estudantes resolverem desafios relacionando o cotidiano e os conhecimentos matemáticos e a se expressarem e identificarem a presença e importância da Matemática no mundo.

     

 

Na avaliação das atividades desenvolvidas, os/as estudantes as destacaram como positivas, dinâmicas e envolventes, contribuindo com suas aprendizagens de Matemática e com a compreensão das aplicações e utilidade do conhecimento matemático ensinado de forma diferenciada: “Acredito que foi algo muito positivo o modo de explicar as dinâmicas desenvolvidas e também como interagiram sobre tudo conosco”. “Gostei do jeito em que passaram o conteúdo, um jeito dinâmico e legal”. “Uma forma diferente e sem ser cansativa de se interessar e querer aprender a Matemática”. “Matemática de uma forma leve, clara e com aplicação cotidiana”. “Aprendi a calcular a área de um curral e quantas cabeça de gado por metro quadrado, foi muito divertido”. “Pude aprender coisas que eu não conhecia”.

A visita dos mestrandos e das mestrandas do PPGEM/UNIR na EFA representou algo significativo para os/as estudantes dessa escola, especialmente pela abordagem com que a Matemática foi trabalhada e contextualizada nas atividades, reforçando os ideais propostos pela Educação Matemática: “Foi muito divertido trabalhar em um grupo que está fazendo a faculdade, e gostei muito da alegria contagiante”. “Eu gostei e aprendi sobre o conteúdo com eles, na minha visão foi muito útil eles terem vindo fazer essa visita”. “A Matemática ensinada em sala de aula deveria ser assim, interessante, pois além de conteúdos teóricos deveria existir a prática, pois estamos praticando a mesma coisa onde tudo é ensinado de forma igualitária todos os dias. Não gosto de Matemática, pois tenho dificuldade, mas o grupo deixou claro que a Matemática pode ser aplicada em qualquer forma”.

Para os mestrandos e as mestrandas participantes, essas atividades representaram a vivência e o aprofundamento sobre as principais tendências da Educação Matemática, ressaltando-as como alternativas pedagógicas eficazes na promoção do processo de ensino-aprendizagem da Matemática. Assegurando, sobretudo, o atendimento aos objetivos da disciplina de Tendências da Educação Matemática, de proporcionar reflexões teóricas e atividades práticas capazes de subsidiar a prática investigativa e o conhecimento a respeito dessas tendências.

 

   

 

O conjunto das atividades desenvolvidas, tido como uma ação de parceria entre o PPGEM e a EFA Itapirema, oportunizou a troca de experiências educativas entre os mestrandos e as mestrandas, em sua maioria professores da rede pública de ensino, e as equipes docente e pedagógica da EFA. Além disso, se constituiu em uma atividade promotora e de divulgação da UNIR e do PPGEM para a comunidade, enfatizando a relevância da universidade pública e gratuita, e seu papel socioeducacional na formação humana e na produção e socialização de conhecimentos.

 

 

Fonte: Prof. Emerson da S. Ribeiro